> #NaPrática > Como traçar metas de maneira super eficiente.

Como traçar metas de maneira super eficiente.

Seja na vida profissional ou pessoal, é muito importante estabelecer metas. Afinal, elas direcionam os nossos esforços em busca de algo desejado.

Você conhece o método SMART?

O método SMART é uma forma eficiente de criação de metas. Funciona como uma espécie de checklist, na qual cada meta é verificada e avaliada se possui os requisitos básicos para atingir o resultado.

Peter Drucker, considerado o pai da gestão moderna criou o método “SMART”, que significa “inteligente” em inglês. Além disso, o conceito é um acrônimo, ou seja, formado a partir da letra inicial de cada palavra na língua inglesa, que são:

Specific (específica);

Mensurable (mensurável),

Attainable (alcançável/atingível);

Relevant (relevante);

Time based (temporal/com prazo).

Portanto, ao preparar uma meta SMART, ela deve ser específica, mensurável, alcançável, relevante e ter um prazo específico para sua implementação.

Então, vamos conhecer os detalhes sobre cada uma delas. Assim, você poderá usar esse conceito para a definição de suas metas SMART no planejamento estratégico de sua empresa ou para sua vida pessoal.

“S” – Specific (Específico)

Quando existem objetivos de negócios parecidos com algo como “ganhar mais dinheiro” ou “vender mais”, eles raramente são atingidos.

Isso ocorre porque o objetivo não é específico o suficiente para ser acionável. Você precisa identificar o resultado desejado de cada meta.

Ser específico significa que o conjunto de metas deve ser claramente definido. Não deve haver ambiguidade sobre elas.

Exemplo:

Para que o quesito específico fique bem claro em sua meta SMART, aponte detalhes. Dizer apenas: aumentar vendas, não é específico o suficiente. Para ser específica, vamos considerar que desejamos aumentar as vendas online da empresa em 10%.

Vejamos se ela é uma meta específica:

– O que eu quero alcançar com essa meta? Aumentar as vendas em 10%;

– Quem será ou quem serão os responsáveis por ela? A equipe de marketing;

– Onde ela será realizada? Online;

– Como ela será conquistada? Com divulgação de conteúdos relevantes;

– Por que ela deve ser seguida? Porque queremos aumentar o faturamento e a participação online.

Agora, sim, é uma meta específica.

“M” – Measurable (Mensurável)

Definir uma meta mensurável significa ter a possibilidade de acompanhar o seu progresso e, ao final, identificar quando ela foi alcançada.

De nada adianta você colocar em prática um plano de ação se não há como acompanhar se ele vem dando certo.

Na meta que estamos criando, estabelecemos 10% de aumento nas vendas online. Portanto, para avaliar o desempenho das estratégias, precisamos acompanhar os números.

Para uma meta ser mensurável, ela deve responder as questões:

– Qual é o resultado esperado?

– Quanto tempo será necessário para a equipe alcançar a meta?

Trabalhando em nosso exemplo, teremos:

– Qual é o resultado esperado? Aumento de 10% nas vendas online;

– Quanto tempo será necessário para a equipe alcançar a meta? 4 meses.

Agora imagine que meta de aumentar as vendas online em 10% foi alcançada facilmente em 1 mês.  E se aumentarmos essa meta para 70%. Será que ele é atingível?

“A” – Attainable (Atingível)

Do que adianta criar uma meta se ela não pode ser atingida? Apesar de parecer óbvio, muitas pessoas e empresas pecam nesse ponto.

Ao definir um meta atingível, você separa a fantasia da realidade. Ou seja, sua missão aqui é estabelecer algo viável, que pode ser alcançado.

Portanto, antes de criar uma meta, é fundamental avaliar os seguintes pontos:

– Com base no histórico, é possível atingir o objetivo traçado?

– Qual a opinião dos colaboradores. Eles acreditam que é possível? Você acredita que é possível?

No nosso exemplo, a meta era de aumentar em 10% as vendas online. A meta foi alcançada facilmente logo no primeiro mês e aumentamos para 70% o alvo. Com algumas análises, podemos observar que esse número não é possível para o prazo determinado. Agora se estipularmos a meta  de 50% de aumento nas vendas online dentro do período de 4 meses parece ser razoável é um número que avaliamos e acreditamos que possa ser atingido.

“R” – Relevant (Relevante)

Metas relevantes são aquelas que devem apresentar um objetivo para o qual você esta disposto a trabalhar.

A meta deve ser relevante, tanto para você, como para as pessoas envolvidas. Quanto mais relevante for a meta, mais as pessoas trabalharão motivadas para alcançá-las. Isso claro, considerando que sejam metas alcançáveis.

Uma meta que não impacta a sua vida e/ou o seu negócio, não será tratada como prioridade. Por isso, para criar uma meta relevante, é importante olhar para os principais pontos do seu objetivo.

Em nosso exemplo (aumentar em as vendas online em 50%), fica claro que se a meta for alcançada, ela impactará diretamente no faturamento e consequentemente no lucro da empresa. Portanto ela é bastante é relevante

Uma meta para ser relevante ela precisa ser importante, significante, motivadora.

“T” – Time based (Temporal)

É importante definir um tempo para toda meta. Mas tem que ser uma data realista. Porque se você escolhe prazos muito curtos ou longos, você corre o risco de desistir por perceber que não conseguirá alcançar o que se propôs no prazo definido.

Estabelecer uma meta sem um prazo não faz sentido, além do que ela não será levada a sério. Por esse motivo, sempre que definir uma meta, estabeleça um prazo. Um prazo que possa ser cumprido e que faça sentido para você ou para os demais envolvidos.

Em nosso exemplo, a nossa meta já está com um prazo estabelecido, 4 meses.

Dicas para você conseguir alcançar as suas metas SMART

Porque a maioria das pessoas falham em alcançar as suas metas? No geral, cerca de 90% das metas definidas no final do ano são abandonadas logo no primeiro mês.

E o mais comum quando não se alcança  aquilo que se propôs, é encontrar desculpas. Não tive tempo, dinheiro, ou equipe certa.

Quando você traça uma meta SMART, tudo isso é pensado. Porém, sabemos que entre planejar e executar há uma grande diferença.

Para você manter o foco em sua metas confira as 5 dicas abaixo:

1ª. Feito é melhor que perfeito: apesar dessa frase do Mark Zuckerberg parecer contraditória para muitos e servir até de desculpas para um trabalho mal feito, o fato é que o perfeccionismo muitas vezes causa uma paralisia. Quem espera ter o controle total da situação e fica esperando o momento perfeito para agir, nunca sai do lugar. Afinal, o momento perfeito não existe. Você nunca vai estar 100% pronto. Aceite que você nunca terá todas as respostas. Toda mudança e busca por um objetivo, são uma aposta que envolve riscos. Por isso a importância em definir bem uma meta SMART para minimizar os riscos.

2ª. Traçar muitas metas SMART: esse é um erro muito comum. Você começa o ano todo empolgado e faz vários planejamentos. Mas a questão é que ninguém possui tempo e energia infinitos. Se alcançar uma só meta SMART já exige muito esforço, imagine duas ou mais. Portanto se você quer ter sucesso, você tem que aprender a priorizar. Analise bem a sua vida e escolha um objetivo prioritário. Vá a fundo nele. Uma vez completado, é hora de começar outro objetivo.

3ª. Falta de ação: Ficar só sonhando não muda nada. Muitas pessoas dizem querer algo, porém não conseguem se esforçar para alcançar o seu desejo. Quantas vezes você já viu pessoas falando que querem largar o emprego e trocar de área, ou mesmo abrir negócio próprio? Ou então pessoas que querem perder peso e vivem começando dietas mirabolantes, mas nunca conseguem completar um mês seguido? Falar é muito mais fácil do que colocar as metas em prática, em ação. Tirar a meta do papel é um dos passos mais importante, também muitas vezes difícil para quem deseja alcançar um objetivo. Portanto, faça o primeiro movimento em busca dos seus objetivos. Só você pode fazer isso. Toda mudança e busca por um objetivo é uma luta diária, que exige fazer um pouquinho de cada vez.

4ª. Monitore o desempenho das ações: O monitoramento e a autoanálise são pontos chaves para alcançar objetivos. É fundamental que você acompanhe o desempenho de cada meta traçada. Se sua meta tem o prazo de um ano, por exemplo, não deixe para avaliar o resultado no final do prazo. Faça um acompanhamento mensal. Crie uma periodicidade para as suas avaliações. Dessa forma é mais fácil e mais rápido mudar os planos quando for necessário.

5ª. Apresente os resultados: Quando uma meta for alcançada, faça questão de apresentar os resultados. Se for uma meta pessoal, conte aos parentes e amigos mais próximos. Se for uma meta profissional, mostre o resultado a sua equipe. Valorize o trabalho e o esforço de todos que participaram para que a meta fosse alcançada.

Sorte, saúde e sucesso sempre pra Você.

Fonte: #NaPrática

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *